Jeito Certo de Como Usar hashi: Tutorial Prático

Chef Mori Ohta

Como segurar os hashi

Os hashi devem ser segurados entre o dedo polegar e o indicador, posicionados num ângulo de 90 graus. O restante dos dedos se dobra em direção à palma da mão. O polegar fica encostado ao lado de um dos hashi e o indicador segura a parte superior do utensílio.

tutorial-como-segurar-hashi

 

Primeira vez comendo comida japonesa

Ao comer comida japonesa pela primeira vez é muito provável que sua experiência ao manejar os hashi tenha se tornado um pequeno desafio. Isso porque a diferença entre o jeito de comer com os pauzinhos e a forma de manusear talheres é gritante. Então, para se habituar à novidade, é necessário um pouco de persistência e muito interesse neste instrumento essencial para a gastronomia japonesa.

Para exemplificar a importância dessa adaptação, imagine um buquê de flores dos mais rebuscados, com diversas cores e aromas reunidos, como numa peça de arte.

Agora, imagine um carro top de linha, repleto de bom gosto e tecnologia do mais alto nível. Agora, pense no que aconteceria ao colocar esse lindo e delicado buquê no porta-luvas do sofisticado veículo. É possível que você tenha sentido um leve desconforto ao imaginar as pétalas caindo ao tentar empurrá-las para dentro do pequeno compartimento.

Essa imagem ilustra bem como a falta de compatibilidade pode comprometer as experiências  importantes.

Tanto o carro quanto o buquê são coisas de muito valor, seja financeiro ou emocional. Mas, não respeitar sua delicadeza pode gerar uma cena grotesca e ofuscar o que ambos têm de melhor. Da mesma maneira, a cozinha japonesa exige delicadeza no manuseio da comida.

Em geral, os pratos japoneses são compostos por pequenos e delicados elementos. No Mori Ohta, cada peça recebe atenção aos mínimos detalhes. É aí que o hashi deixa de ser uma opção e passa a ser o utensílio ideal para degustar essas iguarias.

 

O que é um hashi?

Os hashi são utensílios alimentares comuns em muitos países asiáticos, tais como Japão, China, Coréia, Vietnã e Tailândia. Geralmente, são feitos de bambu ou madeira, embora também possam ser confeccionados de diferentes materiais. Eles costumam ser longos e estreitos, com as extremidades arredondadas. Utilizados principalmente para pegar alimentos, os hashi também podem ser usados durante o preparo de algumas receitas. Por serem mais curtos que os garfos, eles são frequentemente usados para manusear alimentos como arroz, macarrão, bolinhos e outros – comidas que costumam ser degustadas em pequenas mordidas e, consequentemente, seriam menos apreciadas com a utilização de garfos ou colheres.

 

Dicas para o uso

Segure os hashi levemente, como se segurasse um lápis. Não segure-os com muita força. Lembre-se de que a ideia é apreciar a comida, então não tente enfiar as peças na boca o mais rápido possível. Manuseie seus hashi com as mãos limpas – isto ajudará a evitar a contaminação por germes e bactérias.

Quando não estiverem em uso, coloque os hashi num descanso ou na lateral da mesa. Se estiver num restaurante, você pode usar o suporte fornecido pelo estabelecimento.

 

Fatos interessantes

Os hashi foram inventados há mais de 2.000 anos, na China – onde são tradicionalmente feitos de madeira. Entretanto, no Japão e na Coreia, a maioria dos hashi são feitos de bambu. Eles são uma das primeiras formas de utensílios reutilizáveis. Antes de sua invenção, os alimentos eram comidos com as próprias mãos.

Em algumas partes do sudeste asiático, por exemplo, os hashi – e não as colheres – são usados para comer certos tipos de sopa.

Devido à sua popularização, muitos países ocidentais adotaram os hashi como utensílios culinários.

 

Conclusão

Apesar de o manuseio não ser simples, aprender a utilizar os hashi é romper barreiras rumo à uma experiência cheia de novos sabores e sensações.
Caso já tenha comido com hashi, mas ainda tenha dificuldades, nosso conselho é que você pesquise sobre a culinária japonesa. Seu interesse pode estimular o desejo de manejar esses instrumentos, contribuindo para fazê-lo com mais leveza e encanto.

Compartilhe:

More To Explore